sábado, 13 de novembro de 2010

Povos Germânicos - parte II Saxões e Anglo-Saxões

SAXÕES
[anglo-saxao.jpg]
Os saxões eram  povos germânicos que viviam no território que é hoje o noroeste da Alemanha e o leste da Holanda. Foram mencionados pela primeira vez pelo geógrafo grego Ptolomeu que os localizou no sul da Jutlândia e no actual Schleswig-Holstein, de onde aparentemente se expandiram para sul e para oeste.
No século I, os Saxões tiveram uma influência importantíssima na unificação das regiões da Inglaterra.
Buscaram um novo território na Britânia. O porquê dessa migração, não se sabe ao certo, mas muito provavelmente deve-se à destruição causada pelos poderoso Hunos e talvez por mudanças climáticas.
Durante os séculos IV e principalmente V, os saxões começaram uma forte investida contra as Ilhas Britânicas, em busca de colonização. O Império Romano acabou deixando a ilha e os saxões, nos séculos VI a IX foram, aos poucos, dominando o território, começando pelo leste. Em seguida, capturaram o centro da Ilha, chegando até o Mar de Severn. Por um tempo, a atual Escócia e a Cornualha ficaram livres, assim como o atual País de Gales. Porém, mais tarde, os saxões tomaram também a Cornualha e a Escócia, mas não conseguiram capturar o País de Gales, apesar de que reinos como Powys, hoje o maior estado-distrito de Gales, que alcançavam áreas da atual Inglaterra além de áreas do País de Gales terem perdido grande parte de suas posses (obviamente, as regiões que ficavam na atual Inglaterra).
Concluiu-se que os saxões derrotaram quase que totalmente os celtas na Grã-Bretanha, já que Gales é, em sua maioria, de terreno rochoso e pobre. Os reinos galeses não tinham condições mais de se opor aos saxônicos, que se tornaram os verdadeiros donos da Inglaterra.
No mesmo século, na Inglaterra, os saxões sofreram com a invasão dos Vikings da Dinamarca, que procuravam se instalar nas terras inglesas. Tomaram grande parte dos reinos saxônicos, mas foram parados e, depois, expulsos da Inglaterra por Alfredo de Inglaterra, o Grande.
Os reinos saxônicos caíram, finalmente, no século XI. Mas não pelas mãos dos galeses e sim dos normandos, liderados por Guilherme, o Conquistador.
O autor Bernard Cornwell, em suas Crônicas Saxônicas, descreve vários detalhes da vida deste povo
Atualmente os descendentes dos saxões são os atuais holandeses, belgas (flamengos), alemães de determinadas regiões do norte, ingleses, e com o advento da imigração se espalharam além mar, para Estados Unidos, Canadá, Austrália, Nova Zelândia, Brasil, entre outros países.

Anglo-saxões

Anglo-saxão é a denominação dada à fusão dos povos germânicos anglos, saxões e jutos que se fixaram no norte e centro da Inglaterra no século V (país que ficou a dever o seu nome a este povo).
Em relação aos saxões, podemos dizer que eram um antigo povo da Germânia, habitantes da região próxima da foz do rio Álbis (atual Elba) e correspondente à atual região de Holstein na Alemanha. O indivíduo desse povo é o saxônico, saxônio ou saxão.


Elmo anglo-saxão


O Venerável Beda conta-nos em sua História Eclesiástica dos Povos Anglos, que, devido às dificuldades enfrentadas por Roma, as legiões romanas em 410 d.C. se retiram da Britannia. Seus habitantes celtas ficaram à mercê de inimigos escotos e pictos.
Uma vez que os celtas não dispunham de forças militares para defender-se, em 449 d.C., recorrem às tribos germânicas como jutos, anglos, saxões e frísios para obter ajuda. Estes, entretanto, de forma oportunista, acabam tornando-se invasores, estabelecendo-se nas áreas mais férteis do sudeste da Grã-Bretanha, construindo ainda mais vilas e aumentando a população local. Os celtas-bretões sobreviventes refugiam-se no oeste (Gales) e no sul (Cornwall).
Prova da turbulência e do descaso dos invasores pela cultura local é o fato de que quase não ficaram traços da língua celta na língua inglesa. Com o tempo, as línguas dos anglos e dos saxões deram origem ao inglês.
São os dialetos germânicos falados pelos anglos e pelos saxões que vão dar origem ao inglês. A palavra England, por exemplo, originou-se de Angle-land ("terra dos anglos"). A partir daí, a história da língua inglesa é dividida em três períodos: inglês antigo (Old English), inglês médio (Middle English) e inglês moderno (Modern English). A primeira metade do século V, quando ocorreram as invasões germânicas, marca o início do período denominado inglês antigo.

2 comentários:

Eduardo Zenite disse...

Bem legal
Tava buscando informação sobre o povo d onde meu nome foi tirado (Eduardo). Aqui encontrei mais informação, muito bom, parabens.

Luiza Dornelles disse...

Qual é a religião???????????

Postar um comentário